BRASIL: Advogado diz que não há elementos para prisão de Cunha
OGlobo / CURITIBA - O advogado do deputado cassado Eduardo Cunha, Ticiano Figueiredo, disse nesta quarta-feira que não há elementos para a Justiça ter decretado a prisão de seu cliente. Figueiredo chegou nesta tarde na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba para acompanhar a situação do ex-deputado e deixou o local sob gritos de "ladrão" e "corrupto".

— O Supremo (Tribunal Federal) ficou com o pedido (de prisão) por mais de quatro meses, o que significa que não havia elementos para prender, porque pedido de prisão é uma coisa urgente e, em menos de uma semana, ele acaba sendo preso aqui sem qualquer fato novo — afirmou o advogado.

A declaração foi feita na entrada dele à Polícia Federal, mas o defensor não deu entrevista. Ele apenas disse que Cunha está "sereno" e negou que o ex-presidente da Câmara tenha tentado fugir ou sido preso em local diferente do seu apartamento funcional em Brasília.

Segundo Figueiredo, o ex-deputado retirava suas últimas bagagens do imóvel quando a polícia chegou. O advogado informou ainda que Cunha não foi algemado, mas bem tratado pelos policiais.

— Ele recebeu os policiais de forma serena, como se espera que esse processo seja conduzido.

tyntVariables = {"ap":"Leia mais sobre esse assunto em ", "as": "© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização."}; BRASIL: Advogado diz que não há elementos para prisão de Cunha

Con Información de OGlobo

www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi

También te puede interesar